Vinci compra controle de transmissora no RS por R$ 24,1 milhões

Transmissora Porto Alegrense de Energia tem linha de 9 km com RAP de R$ 8,9 milhões

A Vinci Energia divulgou em comunicado ao mercado na última segunda-feira, 4 de maio, que concluiu a aquisição das ações representativas do controle societário da Transmissora Porto Alegrense de Energia, vendida pela Procable Energia e Telecomunicações. O montante comprado equivale a 90,35% do capital social da TPAE. A V2i Transmissão, subsidiária da Vinci, pagou R$  24.566.152,13.

De acordo com a Vinci, a compra é uma importante operação, em linha com a estratégia do Fundo de proporcionar um perfil de renda de longo prazo a seus investidores. A TPAE tem a LT  230 Kv de extensão de 9 quilômetros subterrâneos e liga a Subestação Porto Alegre 9, localizada na rua João Moreira Maciel, na entrada da cidade, até a Subestação Porto Alegre, que fica na esquina das Avenidas Ipiranga com Praia de Belas. O projeto, que tem Receita Anual Permitida de R$ 8,9 milhões, opera desde novembro de 2013 e sua concessão vai até 2039. Essa LT permite que os consumidores da área central de Porto Alegre que são atendidos pela SE Porto Alegre 4 passem a receber energia de duas fontes de alimentação, uma que vem das SEs Gravataí 2 e Porto Alegre 6,  e outra que parte das SEs Nova Santa Rita e Porto Alegre 9.

O braço de transmissão do fundo de investimento tem feito movimentações  node compra nos últimos meses. Em novembro do ano passado, a Vinci já havia anunciado a compra do Projeto Arcoverde, da Sterlite, por R$ 141 milhões. Em dezembro foi a vez da compra de 49,9% da Linhas de Energia do Sertão Transmissora, por R$ 109, 2 milhões.