Sobradinho alcança melhor nível em 11 anos de operação

Reservatório da usina chegou a 92,8% de seu volume útil na última quarta-feira (6) e Chesf prevê máximo para 95% em maio, quando acaba o período úmido

O Reservatório de Sobradinho, um dos maiores do país e o mais importante para a região Nordeste, atingiu a marca de 92,8% de seu volume útil na última quarta-feira (6), segundo boletim do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), sendo esse o maior nível desde 2009, quando registrou 100% de sua capacidade. A vazão defluente da usina estava em 1.600 m³/s e foi reduzida para 1.400 m³/s em 1º de maio. Já o escoamento da UHE Xingó continua em 1.300 m³/s, informa a Chesf.

A elevação dos lagos das hidrelétricas é explicada pelo considerável volume de chuvas a partir da segunda quinzena de janeiro deste ano, principalmente no estado de Minas Gerais, que possibilitaram aumento significativo da capacidade de armazenamento do reservatório após onze anos de escassez hídrica. A Chesf ainda avalia que Sobradinho poderá chegar a um máximo de 95% de seu volume em maio, após encerramento do período úmido, não havendo assim previsão de vertimento no reservatório.