Lucro da AES Corp recua 6,5% no primeiro trimestre

Lucro atribuível à empresa somou US$ 144 milhões de janeiro a março

A AES Corporation encerrou o primeiro trimestre do ano com lucro atribuível de US$ 144 milhões, queda de 6,5% na comparação com o mesmo período de 2019. A receita da companhia somou US$ 2,3 bilhões no período ante os US$ 2,7 bilhões do ano passado. A maior fonte continua a ser nos negócios não regulados com 70% do valor apurado com US$ 1,6 bilhão, basicamente a mesma proporção verificada em 2019.
Os negócios na América do Sul apresentaram receita de US$ 712 milhões de janeiro a março deste ano. Esse valor representa uma retração de 15,7% quando comparado a 2019.
Segundo o CEO da empresa, Andrés Gluski, embora o covid-19 tenha um impacto modesto no curto prazo nos ganhos em 2020, ele afirma que a empresa está na posição financeira mais forte da história. E que por isso reafirma a meta de crescimento anual médio de 7% a 9% para os ganhos por ação ajustado e fluxo de caixa livre até 2022. No acumulado, continua ele em comunicado, houve a conclusão de 1,4 GW de novos projetos e a assinatura de contratos de longo prazo para 685 MW de geração renovável.