Térmica de 40 MW tem operação aprovada em Minas Gerais

UTE também foi liberada no Amazonas e eólicas para testes na Bahia e Rio Grande do Norte

A Agência Nacional de Energia Elétrica deliberou a operação comercial da termelétrica Cerradão 2, por meio de uma unidade geradora de 40 MW de potência no município de Frutal (MG). Outra liberação foi para a UTE Tuiué – COE, totalizando 1,5 MW de capacidade instalada entre quatro unidades em Manacapuru, no Amazonas.

Já a empresa Ventos de São Galvão Energias Renováveis recebeu parecer positivo da agência para testes em quatro aerogeradores na central eólica Ventos de São Januário 21, somando 16,8 MW de potência instalada em Campo Formoso (BA). Em Serra do Mel (RN), o aerogerador nº 6 da EOL Vila Piauí 1 também foi autorizado para testes, com 4,2 MW.