Lucro da Eneva sobe e chega a R$ 179,8 milhões no 1º trimestre

Receita líquida de R$ 939,1 milhões mostra crescimento de 53,6%

A Eneva teve lucro líquido de R$ 179,8 milhões no primeiro trimestre de 2020, melhorando o resultado em 38,5% na comparação com o registrado no ano passado. A empresa, que divulgou seus resultados financeiros na última sexta-feira, 15 de maio, viu sua receita operacional líquida no período  crescer 53,6%, ficando em R$ 939,1 milhões. O Ebitda da Eneva saltou dos R$ 345 milhões do primeiro trimestre para R$ 432,3 milhões, crescendo 26,2%.

De acordo com a empresa, a geração líquida atinge 2.323 GWh, com crescimento de 280% em relação ao primeiro trimestre de 2019. O despacho  na geração termelétrica chegou a 56%, o que resultou em um crescimento de 732% na produção de gás. A Eneva lembra ainda que a revisão das garantias físicas de Parnaíba I e III permitiu a comercialização de 314.012 MWh adicionais no mercado livre, sem custo adicional de geração, resultando em uma receita líquida adicional de R$ 34 milhões.

Nos projetos em construção, até o momento as obras de Parnaíba V, Azulão e Jaguatirica II seguem os cronogramas estabelecidos sem desvios significativos até o momento.