Taesa energiza LT e subestações em Minas Gerais

Empreendimento Mariana completa o anel de 500kV da Região Metropolitana de Belo Horizonte, interligando grandes hidrelétricas e o Sistema Interligado Nacional

A Taesa concluiu na última segunda-feira (25) a energização da linha de transmissão de 500 kV CS – Itabirito 2-Vespasiano 2, com 82 quilômetros de extensão e duas subestações para conexão do empreendimento denominado Mariana Transmissora de Energia Elétrica, referente ao lote A do leilão de transmissão nº 013/2013, realizado em dezembro de 2013, e totalmente controlado pela Taesa em Minas Gerais.

Em comunicado ao mercado, a companhia afirmou que a Licença de Instalação do projeto foi emitida somente em 24 de janeiro de 2019, ou seja, 56 meses após a assinatura do contrato de concessão, quando então se iniciaram as obras, que foram concluídas em 16 meses, dentro do cronograma previsto junto a Aneel. Assim, com a entrega de Mariana foi adicionada uma Receita Anual Permitida (RAP) de R$ 15,4 milhões para o ciclo 2019-2020.

O ativo completa o anel de 500 kV da Região Metropolitana de Belo Horizonte, interligando grandes usinas hidrelétricas e o Sistema Interligado Nacional, “reforçando a confiabilidade e o atendimento à região central bem como as regiões leste do estado de Minas Gerais e parte do estado do Espírito Santo”, finaliza a nota.