Argo entrega linha de transmissão em Rondônia

Ativo é parte do projeto Argo 3 que terá ainda mais uma linha de transmissão e cinco subestações

A transmissora Argo Energia finalizou os testes para energização de parte do projeto Argo 3, localizado no estado de Rondônia. O ativo é composto pela LT Ariquemes – Ji-Paraná C4, linha em 230 kV com 344 estruturas, em 165 quilômetros de extensão e foi colocado à disposição do Operador Nacional do Sistema Elétrica em 22 de maio.

De acordo com a empresa, a linha tem aproximadamente 27 meses de antecipação em relação à data regulatória estabelecia em contrato de concessão com a Aneel. O ativo corresponde ao Lote 32 negociado no Leilão n° 005/2016, realizado em São Paulo, na sede da B3 em 24 de abril de 2017. O ativo garante à empresa receita anual de aproximadamente R$ 18 milhões, e representa 23% da RAP da concessão.

O projeto é composto em sua totalidade por 320 quilômetros de linhas de transmissão e mais cinco subestações atravessando 10 municípios. É a terceira e mais recente concessão de propriedade da Argo, e conta ainda com a implantação de dois compensadores síncronos (com previsão de energização em junho de 2020), com a LT 230 kV Samuel – Ariquemes C4 (prevista para energizar em julho de 2020) e ativos de fronteira em Jaru e Porto Velho (com conclusão planejada para o primeiro semestre 2021). Todas as funções de transmissão mencionadas terão suas entradas em operação anteriores ao prazo regulatório, agosto de 2022.