Reservatórios nordestinos terminam maio com quase 92%

Região Sul cresce 0,2% e atinge 17,4% da capacidade num dia sem reduções nos níveis dos submercados brasileiros

Os reservatórios do Nordeste terminaram maio com aumento de 0,4% no seu volume útil no último domingo (31),  na comparação com o dia anterior, chegando a 91,9%, informa o boletim diário do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). A energia afluente desceu para 81% da média de longo termo e a armazenada subiu para 47.426 MW mês. A hidrelétrica de Sobradinho funciona com 93,97%, maior nível em 11 anos de operação da usina.

Num dia sem reduções nos níveis dos submercados brasileiros, a região Sul registrou acréscimo de 0,2% na sua vazão, indo para 17,4%. A energia afluente está em 15% da MLT, enquanto a armazenada subiu para 3.455 MW. As UHEs Passo Fundo e G.B Munhoz funcionam, respectivamente, com 33,50% e 17,49%. No Norte a capacidade de armazenamento aumentou em 0,1% para 83,6%. A energia contida aparece com 12.680 MW e a armazenável diminuiu para 83% da MLT. A usina de Tucuruí opera com 99,69% de sua capacidade.

Por sua vez, a região Sudeste/Centro-Oeste não apresentou variações, ficando em 55%. A energia contida do subsistema aparece com 111.613 MW mês e a afluente segue em 76% da MLT. Furnas registra 66,95% e a hidrelétrica de Nova Ponte opera a 51,38%.

Outras informações sobre níveis de armazenamento, bem como a geração de gráficos comparativos, podem ser acessadas na Seção Reservatórios do Monitor, disponível para assinantes do CanalEnergia.