EDP assume compromisso para reduzir emissões

Empresa aderiu ao Business Ambition for 1,5ºC - Our Only Future reafirmando a meta de ter geração apenas por renováveis até 2030

A EDP Brasil é mais uma empresa do setor elétrico nacional a submeter compromisso de reduzir suas emissões de gases de efeito estufa. A assinatura ocorreu nesta sexta-feira, 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, junto à Organização das Nações Unidas. A elétrica se comprometeu a reduzir suas emissões para garantir que o aquecimento global não exceda 1,5°C, aderindo ao Business Ambition for 1,5ºC – Our Only Future.

Em comunicado a empresa afirmou que também aderirá ao Recover Better, uma iniciativa global que propõe a governos e empresas de todo o mundo alinhar seus esforços de recuperação e ajuda econômica relacionados à crise da covid-19 com base nos mais recentes estudos climáticos.

A EDP Brasil reafirmou que até 2030 terá 100% da energia gerada via fonte renovável em nível global. O presidente da companhia, Miguel Setas, já havia lembrado dessa meta da empresa durante coletiva com a imprensa para abordar os resultados da companhia por aqui. O Grupo EDP já havia aderido ao Business Ambition em setembro de 2019, prevendo reduzir 90% de suas emissões de CO2 em relação a 2005.

“Por meio desta iniciativa, a EDP, que já tinha como propósito liderar a transição energética no Brasil, formaliza os esforços que vem fazendo em prol da descarbonização de sua operação. Atualmente, 75% da capacidade instalada da Empresa vêm de fontes renováveis. A Companhia também possui cerca de 50 MWp em projetos de energia solar contratados ou executados”, lembra a elétrica em comunicado que cita ainda o investimento na mobilidade elétrica.