Enel firma novo convênio para manejo de árvores em São Paulo

Parceria com prefeitura busca equacionar relação da qualidade de arborização da cidade com as interferências da vegetação na rede elétrica

Após alguns meses de trabalho conjunto, a Prefeitura de São Paulo e a Enel firmaram um novo convênio para garantir a eficiência e qualidade dos serviços de manejo de árvores próximas ou em contato com a rede elétrica. A parceria tem se notabilizado pelo uso de técnicas e regras mais adequadas para manter o equilíbrio das espécies arbóreas ao mesmo tempo em que minimiza os problemas ocasionados pela queda de galhos e vegetação no sistema de distribuição de energia.

Outro destaque do convênio é que a companhia está investindo e desenvolvendo um sistema eletrônico que permitirá a melhoria da assertividade e agilidade na troca de informações entre os órgãos. A plataforma funcionará integralmente no mês de julho e garantirá à prefeitura eficácia na fiscalização das ações realizadas pela distribuidora por meio de laudos técnicos e fotos da operação.

Com a iniciativa, a Enel Distribuição São Paulo poderá reduzir os prazos de execução dos serviços, uma vez que as permissões serão fornecidas de forma digital, contribuindo para a ampliação do atendimento anual. Também está prevista a redução no tempo de execução das solicitações.

O prazo máximo para realização de podas em área pública passou de 90 para 60 dias. Já o período destinado ao desligamento da rede para manejos especiais foi alterado de 45 para 30 dias, contribuindo com maior agilidade no atendimento dos pedidos gerados pelos munícipes e aumento na realização de podas necessárias à cidade.

Por fim, o último diferencial do convênio é que os resíduos provenientes das podas solicitadas pela prefeitura passam a ser recolhidos pela empresa de energia elétrica.