Digitalização e IA para otimização energética no contexto do PLD horário

A expectativa da METRON é que a transformação digital trará mudanças significativas em toda a cadeia de valor da energia

A necessidade de fornecer eletricidade confiável e acessível, ao mesmo tempo que considera as mudanças climáticas, está impulsionando transformações nos sistemas de energia em todo o mundo. Como a sustentabilidade energética não é apenas mais uma opção, novos paradigmas energéticos disruptivos estão sendo criados.

A transformação será impulsionada por uma mudança para um ecossistema de energia cada vez mais limpo, inteligente, flexível e distribuído, para fazer frente a novos padrões diversificados de consumo.

A expectativa da METRON é de mudanças significativas em toda a cadeia de valor da energia as quais afetarão econômica e socialmente todos os agentes. O setor industrial tem um papel crucial diante da transição energética e um grande desafio: considerar questões de segurança, confiabilidade, competitividade e meio ambiente em seu gerenciamento energético.

As fábricas precisam fazer economias sustentáveis e reduzir sua pegada de carbono através de novas estratégias energéticas eficazes, se concentrando em três principais áreas:

  • Aprimorar a eficiência energética de sua atividade com o intuito de economizar energia.
  • Promover a descarbonização através de fontes energéticas mais flexíveis com uma matriz de energia mais descentralizada e renovável.
  • Implementar gestão de preços de energia considerando perspectivas de alta volatilidade que aumentam riscos de exposição financeira.

A digitalização das indústrias está amadurecendo rapidamente e a atual crise a tem impulsionado ainda mais. Um grande volume de dados está disponível, algoritmos complexos estão sendo desenvolvidos, o que representa uma enorme oportunidade para administrar, analisar e otimizar, de maneira contínua, o ecossistema energético das fábricas. O processamento e a interpretação desse um volume elevado de dados revolucionará o enfrentamento desses desafios.

O objetivo da METRON é auxiliar as empresas em sua transformação digital utilizando seus próprios dados através da digitalização dos fluxos de energia e utilidades das fábricas para conceber, continuamente, planos de ação de eficiência energética sob medida e aprimorar a gestão de desempenho energético, além de permitir monitoramento online e em tempo real e o gerenciamento à distância, adaptando-o à nova rotina de trabalho remoto.

O modelo de precificação horária previsto para 2021 trará novas possibilidades de contratações e negócios e impulsionará na direção de uma melhor gestão de risco por parte da demanda, através da criação de estratégias de uso de energia: as indústrias, por exemplo, que tem custo de energia relevante e processo produtivo que pode ser flexibilizado, poderão realocar de modo dinâmico suas produções otimizando seu custos e se tornando mais competitivas. Entretanto, esse novo panorama de mercado traz riscos significativos para as indústrias que não possuam sistemas e ferramentas digitais adequados de gestão energética, pois haverá falta   de visibilidade vis-à-vis o seu perfil de consumo de modo que não terão a capacidade de se antecipar à sinalização de preços e adotar as ações necessárias para mitigação de riscos ou aproveitamento de oportunidades, em função do contexto da precificação. Em outras palavras, podemos dizer que a fronteira entre risco e oportunidade é materializada por uma gestão aperfeiçoada, que consegue ser obtida através de uma plataforma que permite visualizar, analisar e otimizar a cadeia de produção inteira, desde a entrada da matéria prima até a obtenção do produto final.

A METRON é uma cleantech francesa, presente no Brasil desde agosto de 2018, que oferece uma nova abordagem voltada à indústria 4.0 para gerenciamento energético digital, fornecendo uma solução de plataforma aos diversos players do setor de energia. Essa plataforma, METRON-EVA® combina tecnologia baseada em IA e Machine Learning e expertise humana.

No dia 30 de junho a METRON apresentará a segunda sessão de Webinar com o tema “Digitalização e Inteligência Artificial para a otimização energética nos processos produtivos, utilidades e gestão da demanda no contexto de PLD horário”. Para se inscrever clique aqui.

(Nota da Redação: Conteúdo Patrocinado produzido pela empresa)