ONS inicia revisão do plano de desenvolvimento tecnológico

A previsão é de que o documento fique pronto até dezembro deste ano

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) começou neste mês o processo de atualização do seu Plano Diretor de Desenvolvimento Tecnológico (PDDT). Serão incluídas as novas tendências tecnológicas que direcionarão os projetos de inovação do ONS, dando o suporte necessário para manter a qualidade da operação do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão é de que a revisão esteja concluída até o fim de 2020.

O PDDT é um portfólio de anteprojetos tecnológicos listados para serem implementados no curto, médio e longo prazos. Elaborado em 2017, após amplo debate de diversos especialistas do próprio ONS, do setor elétrico brasileiro, da academia e de especialistas internacionais, o documento funciona como um sinalizador das ações que devem ser priorizadas.

“Esse plano foi determinante para direcionarmos corretamente a alocação de recursos humanos e financeiros do ONS ao longo dos últimos anos, no que se refere à prospecção tecnológica e formação de parcerias com Agentes do Setor. Queremos continuar com esse projeto, atualizando os cenários e ajustando as ações para as nossas necessidades atuais”, comenta o gerente executivo de Estratégia e Inovação do ONS, Fábio Reis Cortes.

A revisão do plano acontecerá em três fases. Na primeira fase, já iniciada, estão sendo promovidos debates em torno de sete temas principais: Tema 1 – Dados, Informações e Comunicações;Tema 2 – Mudanças Climáticas; Tema 3 – Expansão de Renováveis Centralizadas; Tema 4 – Transmissão em Corrente Contínua; Tema 5 – Implicações para o SEB dos 3D’s (Descarbonizado, Digitalizado e Distribuído); Tema 6 – Mercado e Comercialização de Energia; Tema 7 – Operação em Tempo Real.