Engie não desistiu de comprar fatia restante da Petrobras na TAG

Estatal ainda possui 10% da transportadora de gás

A Engie continua com fôlego para comprar a fatia de 10% na TAG que ainda está em poder da Petrobras. Em teleconferência de resultados com analistas de mercado realizada nesta quinta-feira, 25 de junho, o CEO da empresa, Eduardo Sattamini revelou que a empresa conta não só com o seu caixa, uma vez que a operação já estava nos seus planos, mas também com os dividendos distribuídos pela própria TAG. “Temos caixa suficiente para compor a nossa participação na compra desses 10%”, afirma. Em março, a Petrobras começou a fase vinculante dessa fatia de 10%.

O executivo tem sentido um forte movimento por contratos de energia renovável no mercado livre. Segundo ele, isso tem ocorrido por conta da continuidade da forte migração para o mercado livre, o que gera oportunidades para a empresa. Segundo ele, essa atividade vem se mantendo esse ano. “Temos visto uma demanda significativamente maior no segundo trimestre que no primeiro. É uma tendência”, aponta. Sattamin alerta que essa migração pode agrave a sobrecontratção das distribuidoras, o que faz a empresa acompanhar as decisões que estão sendo tomadas sobre o tema.

Sattamini também espera que o Senado vote logo o projeto que traz solução para o GSF, pelo fato dele trazer segurança regulatória e apetite de investidores para o segmento. ‘Isso deve ser em breve pautado”, acredita.