Chesf prepara aporte de R$ 1 bilhão para modernização de UHEs

Pacote contempla projetos de digitalização nas usinas de Sobradinho e Paulo Afonso IV e em 40 equipamentos de elevação de carga nos empreendimentos

A Chesf prepara um aporte de R$ 1 bilhão ainda esse ano para melhorias e modernizações do seu parque gerador, com otimizações pontuais nas hidrelétricas de Paulo Afonso IV e Sobradinho, ambas na Bahia, além da atualização de aproximadamente 40 equipamentos de elevação de carga das usinas, como pontes rolantes, pórticos e talhas.

O primeiro projeto a ser tocado é da digitalização de Sobradinho, que contará com R$ 260 milhões. O contrato foi assinado em abril e os trabalhos iniciam ainda em julho, com uma duração total prevista para sete anos. Já a modernização da usina de Paulo Afonso IV está em fase de contratação e prevê recursos que superam R$ 600 milhões.

À exceção de Sobradinho, o Programa de Modernização será executado com recursos da Gestão dos Ativos de Geração “GAG Melhoria”, verba específica destinada para esse tipo de benfeitoria. Segundo a companhia, outras iniciativas semelhantes estão previstas para os próximos anos, nas instalações de Itaparica (PE), Xingó (AL/ SE) e Apolônio Sales (AL).