Neoenergia lança inventário para emissão de carbono

Documento norteia ações voltadas à descarbonização e ao desenvolvimento sustentável da companhia

A Neoenergia anunciou o lançamento de um inventário próprio de emissão de gases de efeito estufa (GEE) verificado por auditores independentes. A iniciativa faz parte de uma série de medidas que a companhia realiza com o objetivo de combater as mudanças climáticas. No documento, é possível identificar as oportunidades e construir as estratégias necessárias para alcançar a meta de neutralização das emissões de carbono até 2050, entre elas, o investimento em renováveis, que correspondem a 86,8% da capacidade instalada da empresa.

O levantamento, realizado de acordo com as diretrizes do Programa Brasileiro GHG Protocol, abarca a geração da companhia em renováveis (eólica e hidráulica), liberalizados (térmicas) e redes (transmissão e distribuição). A intensidade de emissão no ano passado foi de 70 gramas de Co2 por quilowatt/hora de energia gerada, o que está abaixo da meta global para 2030, de 100 gramas de CO2 por Mwh gerado, estabelecida pelo grupo controlador Iberdrola.

Segundo a subsidiária, essa é primeira vez que o inventário entra para o registro público de informações do GHG, reforçando a transparência e credibilidade aos dados, além de promover o aprimoramento contínuo na gestão ambiental. O superintendente de Inovação e sustentabilidade da Neoenergia. Francisco Carvalho, afirma que a partir do mapeamento das emissões, estratégias e projetos são delineados de forma a mitigar os impactos de suas ações, conforme os compromissos assumidos na Política de Meio Ambiente e na Política Contra as Mudanças Climáticas e aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável previstos pela ONU.