Byne e Globalsat oferecem solução de comunicação com foco em empresas de GTD

ControlOne tem foco em empresas que operam em regiões remotas

A Byne firmou parceria com a multinacional americana Globalsat. A opção de telecomunicação via satélite passará a ser oferecida no ControlONE, plataforma que une telefonia, rádio, vídeo e mensagens, usado em centros de controle operacional para manter contato com equipes de campo. A nova tecnologia da empresa que desenvolve soluções de comunicação para ambientes críticos foi desenvolvida com foco em segmentos que operam em regiões remotas – especialmente empresas do setor elétrico, além das de transporte e de óleo e gás.

De acordo com André Nazário, responsável pela área de produtos da Byne, em regiões distantes que normalmente possuem pouca cobertura de celular e de rádio, as equipes de campo podem encontrar dificuldades para obter uma comunicação limpa, sem interrupções. Segundo ele, é o caso das distribuidoras de energia, que precisam manter equipes de manutenção da rede elétrica circulando em todos os cantos do país, dos mais acessíveis aos mais ermos. Com a telecomunicação via satélite, os usuários conseguem repassar informações sobre que está acontecendo em campo para as centrais operacionais em qualquer situação, mesmo onde nenhuma outra forma de comunicação funciona.

As empresas do setor elétrico – geradoras, transmissoras e distribuidoras – devem se tornar as principais usuárias do novo serviço. Elas já são alguns dos maiores clientes do ControlONE da empresa, antes mesmo do lançamento da comunicação via satélite. Itaipu, Eletrosul, Taesa, StateGrid, Neoenergia, Eletrosul, Copel e outras empresas do setor respondem por dois terços dos consoles já instalados pela Byne. Juntas, elas geram cerca de 10% da energia elétrica do país, possuem mais de 40 mil quilômetros de linhas de transmissão e 500 subestações. As distribuidoras que a empresa atende levam energia para mais de 24 milhões de pessoas.

Para acessar o ControlONE via satélite, as equipes em campo utilizam rádios baseados na tecnologia Push-To-Talk. Também conhecida como PTT, ela funciona como um sistema de radiocomunicação tradicional, permitindo a comunicação entre dois ou mais usuários, em um mesmo grupo, com um clique de botão. A experiência se assemelha à de um rádio tradicional, podendo ser acionado no ControlONE pelo operador no centro de controle ou por quem está em campo em um terminal móvel. A contratação conta com a opção de dois fornecedores dos rádios conhecidos no mercado – Cobham ou Iridium – ambos com cobertura global, alta disponibilidade e segurança.