Tarifas da Ceris serão prorrogadas até 30 de julho

Cooperativa de SP teve a data reajuste alterada, com a extensão para 30 anos do contrato de permissão

As tarifas da Cooperativa de Eletrificação da Região de Itapecerica da Serra (SP) foram prorrogadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica até 30 de julho. A Ceris faz parte do grupo de 26 cooperativas de eletrificação rural que teve o prazo de vigência dos contratos de permissão ampliado de 20 para 30 anos em abril deste ano.

Com a alteração, a data de aniversário contratual, que era 11 de julho, foi deslocada para o fim do mês. Os processos tarifários de todas as permissionárias que alteraram os contratos serão instruídos conjuntamente, assim como o de suas concessionárias supridoras, o que vai resultar em economia processual, segundo a Aneel.

O processo tarifário da Ceris em 2020 vai contemplar ajustes em relação a direitos e obrigações referentes aos 18 dias de prorrogação das tarifas, como a subvenção para compensar a baixa densidade de carga, descontos incidentes sobre as tarifas, cálculo de neutralidade e a reversão de valores de componentes financeiros no período que exceder os 12 meses previstos.