Enel Brasil investiu R$ 55 milhões em ações sociais em 2019

Companhia também investiu em ações voltadas a economia circular

A Enel Brasil investiu R$ 55 milhões em projetos e ações sociais em 2019, gerando cerca de R$ 9,5 milhões em renda para as comunidades onde a empresa atua. Os dados constam no Relatório Anual de Sustentabilidade 2019 da companhia divulgado nesta semana.

O documento apresenta os impactos e o desempenho operacional, financeiro e socioambiental das operações da Enel no país, além do avanço das metas da companhia com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU). O relatório é elaborado com base em metodologia internacional e verificado por auditoria externa.

A companhia também investiu e continuará investindo em ações voltadas a economia circular. Com o programa Ecoenel, mais de 8 mil toneladas de materiais recicláveis foram coletados nos 273 postos de coleta presentes nos quatro estados. Foram beneficiados 62.280 clientes com bônus de mais de R$ 1,8 milhão na conta de energia elétrica.

Por meio do seu Programa de Eficiência Energética, nas quatro distribuidoras (Rio de Janeiro, São Paulo, Goiás e Ceará), foram investidos R$ 159.870 mil em ações socioambientais, o que gerou uma economia de cerca de 136.495 MWh, o que equivale ao consumo de 76 mil residências em um ano.

No ano passado, por meio das distribuidoras do Rio de Janeiro, São Paulo, Ceará e Goiás, a companhia atendeu a mais de 17,7 milhões de clientes. Também investiu em digitalização, na automatização das redes e processos, chegando a 20 mil equipamentos telecomandados e 80% das chamadas realizadas por meio de canais digitais.

Em 2019, o Grupo Enel reforçou sua posição nos mercados de energia eólica e solar. A companhia encerrou o ano com 2.734 MW de capacidade instalada em geração renovável.