Enel-GO realizará mutirão de manutenção preventiva na rede

Companhia realizará podas de árvores, limpezas de faixas de servidão e correções de anomalias visando preparar o sistema elétrico da região para queimadas e tempestades

A Enel irá realizar um mutirão de manutenções preventivas na rede elétrica em 12 cidades do Sul de Goiás, entre os dias 27 e 31 de julho, visando preparar o sistema da região para os próximos períodos de queimadas e de chuvas.

Em nota à imprensa,  o diretor-presidente da Enel Distribuição Goiás, José Luis Salas, informou que está sendo investido R$ 1 milhão na ação, que representa um complemento às manutenções rotineiras já realizadas pela concessionária.

Serão ao todo 380 profissionais envolvidos, divididos em 125 equipes que irão realizar podas de árvores em contato com a rede elétrica, limpezas de faixas de servidão que ficam sob o percurso das linhas de transmissão e distribuição, além da instalação de espaçadores e substituição de estruturas em mau-estado de conservação, como postes, cruzetas, isoladores, para-raios e conectores.

José Luis acrescentou que a iniciativa trará melhorias para o fornecimento de energia a milhares de clientes goianos, entre residências, propriedades rurais, indústrias e comércios. “Em uma semana serão mais de 2.700 podas, correções em cerca de 2,5 mil pontos com estruturas degradadas, além da limpeza de aproximadamente 70.000 m² de faixas de servidão. Uma grande operação com engenheiros, técnicos de segurança e eletricistas, além de 97 carros, camionetes e caminhões”, descreveu.

Além das equipes tradicionais que trabalham com o sistema elétrico desligado, o executivo afirma que as equipes especializadas em “linha viva” também irão participar do mutirão, visando à redução nos impactos no fornecimento elétrico. Ele também salientou que devido ao atual cenário de pandemia, todos os colaboradores envolvidos nas atividades usarão, além dos equipamentos de proteção individuais e coletivos tradicionais, máscaras e álcool em gel, conforme recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Ampliação de subestações

Aproveitando a presença em Palmeiras de Goiás, na terça-feira (28/7), representantes da Enel e autoridades políticas farão uma visita às obras de modernização e ampliação da subestação Palmeiras. Resultado de um investimento de mais de R$ 5 milhões, a obra está em fase final de conclusão, e vai beneficiar cerca de 23 mil clientes das cidades de Palmeiras, Nazário, Jandaia e Palminópolis. Já em Rio Verde, na quinta-feira (30), será feito um ato simbólico de abertura do mutirão, com presença do diretor-presidente da empresa e de autoridades políticas.

Já na sexta-feira 31/7, a companhia prevê a entrega da modernização e ampliação da Subestação Morrinhos, resultado de um investimento de R$ 3 milhões, que ampliará a qualidade do fornecimento de energia para a cidade que leva o nome do empreendimento.