Petrobras tem prejuízo de R$ 2,7 bi no segundo trimestre

Segmento de Gás e Energia tem lucro bruto de R$ 4,8 bi no trimestre e de R$ 9,4 bi no semestre

A Petrobras teve prejuízo de R$ 2,71 bilhões no trimestre encerrado em junho. No mesmo período do ano passado, reportou lucro de R$ 18,8 bilhões.  A receita operacional líquida caiu de R$ R$ 72,5 bilhões para R$ 50,8 bilhões. O ebitda ajustado da empresa no período ficou em R$ 24,9 bilhões, 23,5% inferior ao do segundo trimestre de 2019.

No semestre, a petrolífera teve prejuízo de R$ 51,2 bilhões, em contraponto ao lucro dos seis primeiros meses de 2019, de R$ 22,8 bilhões. A receita líquida de R$ R$126,3 bilhões no semestre mostra baixa de 11,9%. O ebitda, contudo, teve um aumento de 3,9%.

De acordo com a Petrobras, o lucro bruto do segmento de Gás e Energia chegou a R$ 4,8 bilhões no trimestre, crescendo 27% quando comparado ao segundo semestre de 2019. O resultado veio do efeito cambial sobre a remuneração do processamento de gás rico recebida pelas unidades de tratamento de gás natural.

Outro ponto que fez o lucro subir foram as melhores margens na liquidação dos contratos de venda de energia, pela gestão ativa da carteira e da redução do preço de liquidação de diferenças. No semestre, a divisão registrou lucro bruto de R$ R$ 9,4 bilhões, subindo 30% em relação aos primeiros seis meses de 2019,