Petrobras obtém liberação comercial para térmica em Pernambuco

Empreendimento possui um total de 200 MW previsto para operação

A superintendência de fiscalização dos serviços de geração da Aneel decidiu liberar nessa segunda-feira, 3 de agosto, a operação comercial da segunda unidade geradora (50 MW) da termelétrica da Refinaria Abreu e Lima, de posse da Petrobras no município de Ipojuca (PE). O despacho nº 2.275, publicado no Diário Oficial da União, também autoriza o funcionamento da primeira unidade (50 MW) para fins de contabilização de sua produção. O empreendimento possui um total de 200 MW previsto para operação.

A agência também aprovou a operação comercial de mais três turbinas da central eólica Ventos de São Januário 22, totalizando 12,6 MW de capacidade instalada em Campo Formoso (BA), e de titularidade da empresa Ventos de Santo Eloy Energias Renováveis.

Outro provimento no dia foi concedido para a Enel Green Power, que já pode testar 171 MW entre as usinas Ventos de Santa Ângela 9, 10, 11 e 14, somando 54 aerogeradores instalados em Queimada Nova (PI).