Voltalia emite meio milhão de RECs para o Itaú

Objetivo do banco foi neutralizar as emissões de carbono referente a energia elétrica consumida em prédios administrativos, agências bancárias e data centers em 2019

A Voltalia comercializou 547 mil RECs Brazil para o Itaú Unibanco, informou a geradora de energia renovável nesta segunda-feira, 3 de agosto. O valor da operação não foi revelado. O objetivo do banco foi neutralizar as emissões de carbono referente a energia elétrica consumida em prédios administrativos, agências bancárias e data centers em 2019.

O REC Brazil é emitido pelo Instituto Totum, representante do I-REC Standard no Brasil e responsável por todo trabalho de verificação e coordenação do processo de certificação.

Os certificados de energia renovável negociados com o Itaú são referentes a energia gerada em 2019 em sete parques eólicos da Voltalia localizados no Rio Grande do Norte, onde a empresa desenvolveu o complexo Serra Branca, com potencial de até 2,4GW.

Robert Klein, CEO da Voltalia no Brasil, explica que muitas empresas buscam políticas mais sustentáveis e desejam ampliar o consumo de energia limpa. “A cada ano, as companhias estão mais preocupadas e engajadas em reduzir seus impactos ambientais no planeta procurando alternativas para reduzir a emissão de CO2 no meio ambiente. O REC Brazil, além de ser uma forma de comprovar o compromisso das empresas na redução de gases do efeito estufa, fomenta o uso de energias renováveis. Queremos continuar inspirando empresas e a sociedade a fazer boas escolhas e decidir por termos um mundo mais sustentável”, afirma o executivo.

O diretor presidente do Totum e responsável no Brasil pelo Programa de Certificação de Energia Renovável e Emissor Local, Fernando Lopes, afirma que tem aumentado o número de empresas que estão optando por consumo de energia limpa no Brasil.

“O fato de grandes corporações estarem preocupadas com a origem da sua energia nos fortalece no objetivo de aumentar a credibilidade do processo de registro, emissão e uso de I-RECs. Mais ainda, 100% dessa transação é de I-RECs com garantia de sustentabilidade, conferida pelo Selo REC Brazil, o que é um diferencial”.

O I-REC é um sistema internacional padronizado para emissão de Certificados de Energia Renovável. Ao ter acesso aos certificados no padrão I-REC, o Itaú Unibanco poderá declarar baixas emissões de gases de efeito estufa decorrentes do consumo de energia.

Por meio do acordo, o Itaú Unibanco pode comprovar a origem da energia e, consequentemente, que o consumo de energia elétrica de suas agências, prédios administrativos e data centers é proveniente de fontes renováveis.

“Optamos pela Voltalia por sabermos que é uma das principais empresas internacionais de energia renovável no país, com gestão de empreendimentos de diferentes fontes limpas, como eólica e solar. Vale ressaltar, ainda, que as usinas que nos disponibilizam os RECs possuem certificação REC Brazil, que comprova o alinhamento dos empreendimentos aos benefícios socioambientais ligados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU”, destaca Claudio Arromatte, diretor de Patrimônio e Compras do Itaú Unibanco.

Cada certificado equivale a 1 MWh de eletricidade produzida a partir de fontes renováveis e o Brasil está entre os países que mais emite I-REC no mundo.

As empresas que desejarem ser emitentes de I-RECs passam por uma auditoria documental e devem seguir procedimentos que respondem se os empreendimentos são fontes de energia renovável, legalmente instalados, entre outros requisitos.