Eletronorte empresta R$ 100 milhões à Amazonas GT

Recursos serão utilizados para reforço de caixa operacional

A Eletronorte emprestou R$ 100 milhões para reforçar o caixa da Amazonas GT, ao custo de 100% da CDE mais spread de 3,01% a.a., com prazo de pagamento até dezembro de 2020.

De acordo com o comunicado publicado pela Eletrobras na última sexta-feira, 31 de julho, a operação precisa passar pelo aval da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A holding também considera que a negociação foi adequada e, portanto, justifica a transação.

“A negociação dos termos e condições da transação foi conduzida diretamente pelos executivos da companhia prezando pela transparência, imparcialidade sem conflito de interesses e em observância às condições de mercado”, finaliza.