Maia quer votação de Lei do Gás em até três semanas e depois o PLS 232

Presidente da Câmara dos Deputados quer votar em 2021 PL que autoriza privatização da Eletrobras

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, (DEM-RJ) prometeu que a  nova lei do Gás e o modelo do setor elétrico devem ser votados em breve pela Câmara dos Deputados. Em live realizada pela  Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base nesta quinta-feira, 6 de agosto, o parlamentar revelou que se reuniu com o ministro Bento Albuquerque há algumas semanas.

Segundo ele, os projetos “vão andar” e em duas ou três semanas a nova lei do gás deverá ir à votação. Em seguida será a vez do PL 232, que dá nova cara ao setor elétrico.

Maia disse ainda que a discussão do PL que autoriza a privatização da Eletrobras ficará para o ano que vem. O calendário desse ano foi prejudicado pela pandemia e no fim do ano haverá eleição, o que segundo ele, dificulta a votação do projeto.  “Com o adiamento da eleição [esse projeto] vai atrasar” avaliou. Maia se colocou favorável à privatização da estatal.