Enel SP não cortará energia de inadimplentes até setembro

Medida foi tomada para dar mais tempo ao consumidor negociar o parcelamento de seus débitos

A Enel Distribuição São Paulo informou nessa terça-feira, 11 de agosto, que continuará sem enviar avisos de corte de energia por inadimplência até o fim do mês. A medida foi adotada para que os clientes tenham mais tempo para negociar o parcelamento das faturas em aberto com a distribuidora, após a retomada da leitura presencial dos medidores.

Com o recebimento do aviso, que virá impresso na conta de energia, o inadimplente terá ainda até 15 dias para negociar seus débitos antes que o corte seja efetuado. A companhia afirma que oferece parcelamento em até 12 vezes na própria fatura ou por meio do aplicativo Enel SP. Para os clientes que eventualmente necessitem ir às lojas, será anunciado em breve um serviço de atendimento com hora marcada, para evitar filas e aglomerações que foram verificadas essa semana nesses locais.