PCH gaúcha de 22,3 MW obtém liberação comercial

Aneel também liberou CGH no Paraná e testes em UFVs no Piauí e Santa Catarina

A Agência Nacional de Energia Elétrica deliberou nessa terça-feira, 25 de agosto, a operação comercial da pequena central hidrelétrica Quebra Dentes, com três turbinas somando 22,3 MW de potência instalada entre os municípios de Júlio de Castilhos e Quevedos, no Rio Grande do Sul, num empreendimento operado pela empresa Quevedos Energética.

A Cooperativa Agropecuária Tradição também recebeu parecer positivo da Aneel, que liberou a operação de três unidades geradoras da CGH Salto Claudelino, totalizando 2,8 MW de capacidade instalada, em Clevelândia, no Paraná.

Já a Enel Green Power foi autorizada a iniciar os testes na central fotovoltaica São Gonçalo 12, envolvendo 202 módulos de 171 kW cada para um total de 34,5 MW em São Gonçalo do Gurguéia, Piauí. Por fim, a companhia Mogano Energia está apta a testar a UFV que leva seu nome em Guatambú, Santa Catarina, com a unidade UG1, de 625 kW.