Tarifas no Maranhão ficarão estáveis por mais um ano

Reajuste anual da Equatorial MA terá redução média de 0,01%

As tarifas da Equatorial Maranhão (antiga Cemar) permanecerão basicamente no mesmo valor pelos próximos 12 meses, com redução média de 0,01%. O reajuste aprovado pela Aneel para aplicação a partir do dia 28 de agosto representará aumento médio a ser percebido pelo consumidor em alta tensão de 0,09% e redução de 0,03% na média para o segmento de baixa tensão.

A tarifa é composta por 3,50% em custos de distribuição, 3,20% em despesas com transmissão, 0,20% em encargos setoriais, 0,97% em compra de energia e -0,43% em componentes financeiros para os próximos 12 meses. Ela também reflete o efeito da retirada de 7,44% em itens financeiros que estavam na tarifa do ultimo ciclo tarifário.

O uso de recursos da Conta Covid contribuiu para a retirada de componentes financeiros da tarifa, possibilitando redução de 2,60% no reajuste anual da concessionária. A bandeira tarifária, que ficará verde (sem custo adicional) até o fim do ano foi outro item que contribuiu para amortecer a tarifa, com 3,29% de redução no reajuste. A distribuidora atende cerca de 2,5 milhões de unidades consumidoras no Maranhão e tem faturamento anual da ordem de R$ 3,6 bilhões.