Eneva prepara oferta de debêntures para captar R$ 835 milhões

Recursos serão utilizados no pagamento de dívidas de curto prazo e execução do plano de investimento em execução

A geradora termelétrica e produtora de gás natural Eneva registou na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pedido de oferta pública para distribuição de 835 mil debêntures simples, em até duas séries, visando captar um total de R$ 835 milhões. Essa será a 6º emissão de debêntures da companhia, segundo fato relevante divulgado na última segunda-feira, 24 de agosto.

O Conselho de Administração da Eneva autorizou a adoção dos procedimentos de coleta de intenções de investimento, Posteriormente, serão definidos o valor da emissão, a taxa de remuneração e os prazos.

Segundo a empresa, parte dos recursos serão investimentos no projeto de gás natural Parque dos Gaviões, na bacia do Parnaíba, o qual foi enquadrado como prioritário pelo Ministério de Minas e Energia.

Além disso, a outra parte dos recursos serão utilizados para a cobertura de despesas e dívidas igual ou inferior a 24 meses, pagamentos futuros relativos à execução do projeto Parnaíba II Geração de Energia, ampliação da UTE MC2 Nova Venécia 2, bem como para investimento no projeto da Azulão, no Amazonas.

As debêntures da segunda série serão caracterizadas como “debêntures com adicionalidade ambiental e climática”, com base em desempenho socioambiental satisfatório avaliado por consultoria especializada (SITAWI Finanças do Bem) em parecer independente.