BNDES concede financiamento de R$ 37,5 milhões para Aeris

Crédito será usado para compra de materiais nacionais industrializados usados na produção

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social aprovou financiamento de R$ 37,5 milhões para a Aeris, empresa brasileira fabricante de pás eólicas localizada no município do Pecém (CE), que concentra mais de 50% do total potencial eólico brasileiro, segundo dados da Associação Brasileira de Energia Eólica. Os recursos serão destinados, principalmente, à aquisição de materiais industrializados de origem nacional utilizados em sua atividade produtiva, para que a empresa possa cumprir contratos de venda de pás a clientes no período entre 2020 e 2022. Em razão desses contratos, a empresa prevê fechar 2020 com 4.570 colaboradores, acima dos 3.627 em 2019.

Aeris foi criada em 2010 e conta com capital 100% nacional. A localização estratégica, associada a uma fábrica moderna, com processos integrados em uma só planta industrial, permite uma redução de custos logísticos para as principais empresas de fabricantes de aerogeradores no país. A empresa possui uma unidade nos Estados Unidos, para prestação de serviços de manutenção e assistência técnica.

A ação integrada do BNDES, principal fomentador da energia eólica no Brasil, tem levado a importante crescimento desse tipo de energia na matriz energética brasileira, diz Marcos Rossi, superintendente da Área de Indústria, Serviços e Comércio Exterior. Para ele, dentro dessa ação, destaca-se o apoio à cadeia produtiva nacional, constituida por fabricantes de diversos componentes, que tem ganhado densidade, com algumas empresas projetando-se  internacionalmente.