Níveis voltam a subir no Nordeste e subsistema opera a 75,5%

Demais regiões verificaram queda nas capacidades de armazenamento, segundo o ONS

Após semanas de reduções, o submercado Nordeste verificou um leve crescimento de 0,1% em seu volume útil na última quarta-feira (02) em relação ao dia anterior, operando com 75,5% da capacidade, informa o boletim do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). A energia contida marca 38.956 MW mês e a afluente segue em 71% da MLT. A hidrelétrica de Sobradinho produz energia com 75,18% de seu volume.

Já os reservatórios do SE/CO viram a vazão diminuir 0,3% para 41,8%. A energia afluente armazenável computa 81% e a armazenada 85.124 MW mês. As UHEs Furnas e Nova Ponte registram 48,33% e 40,72%. No Norte os níveis caíram 0,6% e o submercado funciona a 66,9%. A energia afluente segue em 98% da MLT e a armazenada registra 10.145 MW. A usina de Tucuruí trabalha a 75,57%.

Na região Sul o armazenamento hidroelétrico está em 61,8% após também recuar em 0,6%. A energia armazenada aparece com 12.290 MW e armazenável verifica 55% da MLT. As UHEs Passo Fundo e G.B Munhoz funcionam com 75,40% e 55,68%.

Outras informações sobre níveis de armazenamento, bem como a geração de gráficos comparativos, podem ser acessadas na Seção Reservatórios do Monitor, disponível para assinantes do CanalEnergia.