PCH de 7,9 MW recebe liberação comercial em Goiás

Aneel também aprovou operação das UTEs Biogás Bonfim (SP), Vila de Belo Monte (AM) e testes em eólica no Piauí

A empresa São Bartolomeu Geradora de Energia Renovável obteve junto a Aneel nesta segunda-feira, 14 de setembro, a liberação comercial para operar a segunda turbina da pequena central hidrelétrica Tamboril, provendo 7,9 MW de potência na altura do município de Luziânia (GO).

A Agência também deu provimento para a Raízen, com vistas a operação da unidade geradora UG4, de 2,9 MW da termelétrica Biogás Bonfim, localizada em Guariba (SP). Outra aprovação foi para quatro unidades da UTE Vila de Belo Monte – COE, somando 1,1 MW para a usina da Oliveira Energia em Canutama (AM).

Para testes, a Aneel deliberou a operação de quatro aerogeradores da central Ventos de Santa Ângela 15, de posse da Enel Green Power e perfazendo 12,6 MW de capacidade instalada em Queimada Nova (PI).