Ocorrências em LTs interrompem 115 MW em Manaus

Cargas da Amazonas Energia demoraram quase uma hora e meia para serem recompostas junto ao sistema na última terça-feira (15)

No começo da tarde da última terça-feira (15), mais precisamente às 14:30 horas, o Operador Nacional do Sistema Elétrico identificou o desligamento automático das linhas de transmissão Lechuga/Manaus C2, em 230 kV, e Manaus/Santo Antônio, em 69 kV, além da hidrelétrica Jaraqui (AM), provocando o corte de 115 MW de cargas da Amazonas Energia na região metropolitana de Manaus.

Segundo o boletim do Operador, a normalização das linhas foi iniciada 11 minutos após as ocorrências, com a segunda LT sendo energizada às 15:19 horas, mesmo instante em que começou o processo para restabelecimento das cargas, o que levou quase uma hora e meia. A UHE voltou a normalidade às 15:28 horas.