BNDES capta US$ 100 mi para financiar energia eólica no Brasil

Recursos do JBIC serão destinados a 12 parques com 331,85 MW de potência instalada no Nordeste

O BNDES captou US$ 100 milhões com o Banco Japonês para a Cooperação Internacional (JBIC). Os recursos captados permitirão alavancar o apoio a 12 parques eólicos nos estados da Bahia e de Pernambuco, com capacidade instalada total de 331,85 MW e investimentos que ultrapassam R$ 2 bilhões. A estimativa é de que esse volume seja capaz de atender a mais de 737 mil domicílios brasileiros com o fornecimento de energia limpa e renovável gerada pelos projetos.

Os recursos da operação foram desembolsados em uma única parcela e são originários de contrato de empréstimo externo, com prazo de 12 anos, cofinanciado pelo Mizuho Bank Ltd. e pelo The Bank of Saga Ltd. Trata-se da quinta operação realizada com o JBIC no âmbito da Linha Green (Global Action for Reconciling Economic Growth and Environmental Preservation).

A linha tem como objetivo o apoio a projetos que favoreçam a preservação do meio ambiente global, promovendo a redução da emissão de gases do efeito estufa e a geração de energia a partir de fontes renováveis. Os quatro primeiros contratos com o JBIC para essa linha foram assinados em 2011, 2014 e em março e dezembro de 2015. Foram apoiados projetos de cogeração de energia a partir de biomassa e parques eólicos. Com a nova operação, o volume de recursos captados no âmbito da Linha Green alcançam US$ 950 milhões.