Chesf investe R$ 91 mi em planta híbrida na Bahia

Projeto envolve sistema inteligente para controle e otimização da capacidade de produção do ativo conforme as variáveis das fontes eólica e solar

A Chesf anunciou que irá investir R$ 90,8 milhões no desenvolvimento de uma planta híbrida para geração de energia eólica e solar, combinando as fontes por meio de um sistema inteligente que adiciona a gestão de uso e armazenamento, potencializando o processo de produção. O projeto está sendo implementado no município de Casa Nova (BA), no Parque Eólico da companhia na região.

O gerente da Assessoria de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (AEP) da empresa, José Bione, explica que a ideia é elaborar um sistema apto à operação, manutenção estável e controle, com simuladores em tempo real para otimização de desempenho e capacidade de produção qualificada, afirmando que o projeto está baseado em previsão temporal de horas, dias e meses da incidência de ventos e da irradiação solar.

Quando concluído, o conjunto permitirá estudos efetivos de desempenho e armazenamento em períodos longos. “As tecnologias desenvolvidas serão constantemente testadas com ensaios, comissionamento e validação dos sistemas, e os resultados serão aplicáveis à melhoria de parques existentes ou aos em desenvolvimento, com a transferência do conhecimento gerado para as equipes técnicas”, completou Bione.