Armazenamento hidrelétrico fecha quinta semana de quedas no SIN

Reservatórios do Norte e Sul apresentaram as maiores variações e operam com 44,5% e 35% da capacidade, afirma ONS

Os reservatórios brasileiros conectados ao SIN terminam a primeira semana de outubro registrando queda em todas regiões, com o Nordeste variando 0,3% para 63,1% de seu volume útil na última quinta-feira, 8 de outubro, em relação ao dia anterior, segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). A energia contida mostra 32.558 MW mês e a afluente afere 50% da MLT. A hidrelétrica de Sobradinho trabalha a 64,47%.

O submercado Norte opera com níveis a 44,5%, após cair 0,8%. A energia afluente está em 61% da MLT e a armazenada afere 6.742 MW mês. A usina de Tucuruí produz energia com 44,58% de seu volume. No Sul a vazão variou  0,8% para 35%. A energia armazenada indica 6.971 MW mês e armazenável admite segue em 38% da MLT. As UHEs Passo Fundo e G.B Munhoz funcionam com 59,44% e 15,10%.

Já os reservatórios do SE/CO computaram queda de 0,4% na capacidade de armazenamento, com o subsistema trabalhando a 29,8%. A energia afluente armazenável mostra 38% da média e a armazenada 60.726 MW mês. As UHEs Furnas e Serra da Mesa registram 34,78% e 30,53%.

Outras informações sobre níveis de armazenamento, bem como a geração de gráficos comparativos, podem ser acessadas na Seção Reservatórios do Monitor, disponível para assinantes do CanalEnergia.