Aneel aprova produção independente de 300 MW solares em MG

Decisão refere-se a sete usinas da planta São João e duas da Solatio Várzea

A diretoria geral da Aneel autorizou a Usina de Energia Fotovoltaica Paracatu, controlada da Solatio Energia, a implantar e explorar, sob o regime de Produção Independente de Energia Elétrica a UFV São João 1, 2, 3, 4, 5, 6 e 7, cada uma com 30 MW de potência, totalizando 210 MW no município de Paracatu (MG), para um prazo de outorga estipulado em 35 anos. O início da operação comercial é previsto para junho de 2022.

Nos mesmos moldes e também em Minas Gerais, a Aneel deu provimento para a Solatio autorizando a outorga das centrais fotovoltaicas Solatio Várzea 3 e 4, somando 90 MW de capacidade instalada no município de Várzea de Palma.