ICSK entrega 565 torres de transmissão na Bahia

Empresa de capital chileno conclui segunda fase da linha de transmissão de 500kV controlada pela Alupar, ao longo de 265,84 quilômetros

A chilena Sigdo Koppers e sua área de Engenharia e Construção (ICSK) concluíram a segunda fase do projeto de implementação da linha de transmissão de 500 kV para a Empresa de Transmissão Baiana (ETB), controlada da Alupar, que recebeu 565 novas torres da empresa, divididas entre 429 estaiadas e 136 autoportantes, construídas num trajeto de 265,84 km.

Essa segunda etapa do projeto para a ETB foi composta, além das torres, pela instalação de seis cabos AAAC 1120 823 MCM por fase, totalizando 6.395 toneladas de estruturas metálicas e 7.221 m³ de concreto utilizados na construção. Durante o pico da obra, 1.200 funcionários trabalharam no projeto, todos devidamente assistidos e respeitando os protocolos de saúde relacionados à Covid.

A empresa ainda teve a oportunidade de trazer contribuições nas regiões no entorno do projeto, nos municípios de Bom Jesus da Lapa, Paratinga, Boquira, Oliveira dos Brejinho, Brotas de Macaúbas, Ipupiara e Gentio do Ouro, que receberam kits de higiene e proteção, doações de testes rápidos às prefeituras locais, além de ações em praças públicas para de conscientização, triagens e veiculação de anúncios em rádio, carros de som e mídias sociais.

Com mais esse trabalho, a companhia atinge a marca de 2.000 quilômetros de linhas instaladas no país, consolidando-se como uma das principais fornecedoras de serviços para esse setor. No Brasil desde 2016, a ICSK  inaugurou recentemente seu novo escritório em São Paulo e anunciou a chegada do executivo Robson Campos como novo Country Manager, cuja missão é ampliar o escopo de atuação da empresa para além dos projetos já desenvolvidos na Bahia, Pará, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais e Rio de Janeiro.