Cteep antecipa obra de transmissão em 11 meses

Investimento realizado na IE Itaquerê totalizou cerca de R$ 250 milhões

A Cteep antecipou em 11 meses a implantação de três compensadores síncronos em 500 kV na Subestação Araraquara 2, localizada em São Paulo. Na quarta-feira, 28 de outubro, a companhia enviou um comunicado ao mercado informando que Operador Nacional do Sistema (ONS) emitiu o termo de liberação parcial do empreendimento, cujo investimento somou R$ 250 milhões, redução de aproximadamente 40% em relação ao valor calculado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

A IE Itaquerê é uma subsidiária integral da Cteep formada para executar o empreendimento do lote 06 do leilão de transmissão no 005/2016 realizado em abril de 2017. “A instalação desses equipamentos na subestação garante benefícios para o Sistema Interligado Nacional (SIN), e em especial no controle de tensão para os sistemas de 440 e 500 kV do estado de São Paulo”, destacou em nota. O primeiro síncrono foi energizado em 28 de julho, o segundo em 06 de setembro e o terceiro em 15 de setembro de 2020.

A empresa passa a ter direito de receber uma receita anual de R$ 52 milhões. A margem Ebitida estimada é de aproximadamente 95%. A IE Itaquerê está no regime de lucro presumido. A companhia tem recebido 90% da RAP proporcional desde suas respectivas energizações. A expectativa é obter o Termo de Liberação Definitivo no quarto trimestre para recebimento integral da RAP.

O projeto tem sido financiado por meio de debêntures emitidas na Isa Cteep. Até o momento, com R$ 65 milhões provenientes da 7ª emissão (IPCA+4,7%a.a.) e R$ 110 milhões da 8ª emissão (IPCA+3,5%a.a.). Considerando os recursos dessas duas emissões, a companhia já financiou cerca de 70% do projeto.