Explosão e incêndio em subestação provocam apagão no Amapá

Ocorrência na SE Macapá interrompe 95% da carga da CEA em todo estado desde a noite da última terça-feira (03), com apenas 13 MW restabelecidos até essa manhã

Parte da capital Macapá e diversas cidades do Amapá estão sem energia elétrica desde a noite da última terça-feira, 3 de novembro, quando o desligamento automático da subestação Macapá 230/69 kV provocou o corte de 95% das cargas da Companhia de Eletricidade do Amapá em todo estado (244 MW), informa o sistema de supervisão do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

O levantamento registra uma explosão seguida de incêndio no transformador TR1 da unidade, com o desarme acontecendo às 20:47 horas e provocando também rejeições de 37 MW, 27 MW e 30 MW nas hidrelétricas Coaracy Nunes, Ferreira Gomes e Cachoeira Caldeirão, todas localizadas no estado. Em nota, a CEA informou que investiga as causas da ocorrência e o que foi destruído pelo fogo.

Segundo o ONS, a normalização dos equipamentos foi iniciada 45 minutos após o incidente, mas com os TR1 e TR2 permanecendo indisponíveis, e o TR3 desligado em função dos trabalhos de intervenção corretiva e sem previsão de retorno.

Após diversas tentativas sem sucesso, às 06:09 horas foi iniciada a recomposição da área através da UHE Coaracy Nunes, tendo a companhia restabelecido apenas 13 MW, ou 5,3% da carga do sistema até a emissão do boletim diário do Operador, na manhã de quarta-feira, 4 de novembro.