CTG Brasil afirma ter neutralizado emissões de carbono em 2019

Inventário revela compensação de 1.691,79 toneladas de CO2 de todas operações da empresa no país

A CTG Brasil afirma que neutralizou integralmente suas emissões diretas de gases de efeito estufa, ao realizar, pela primeira vez em sua história, a verificação externa do inventário de todas suas operações. A compensação de 1.691,79 toneladas de CO2 são referentes ao exercício de 2019, sendo apurada no levantamento concluído em setembro.

Na avaliação da empresa, o benefício foi alcançado com a adesão ao projeto REDD+ Jari-Amapá, que promove a capacitação de técnicas sustentáveis de manejo e produção agroextrativista na região do Vale do Jari, a fim de promover o bem-estar das comunidades, tornando-as parceiras na manutenção dos recursos florestais.

A geradora apoiou a iniciativa com a compra de 8.333 créditos de carbono, fruto de atividades de conservação florestal em uma área de 220 mil hectares no Amapá, que evitarão a emissão de cerca de 3,5 milhões de toneladas de carbono nos próximos 30 anos.

A CTG ainda salienta que a contabilização foi submetida a verificação externa e reconhecido com o Selo Ouro do Programa Brasileiro GHG Protocol, concedido pelo Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas (FGVces).