Tarifas da Equatorial PI terão aumento de 3,48% em média

Distribuidora passou por revisão tarifária extraordinária

A Equatorial Piauí terá aumento médio de 3,48% no dia 2 de dezembro, como resultado da revisão tarifária extraordinária aprovada pela Agência Nacional de Energia Elétrica. O efeito médio para a maioria dos clientes da distribuidora, que são atendidos em baixa tensão, será de 2,58%.

Na alta tensão, onde estão os grandes consumidores, a tarifa vai crescer em média 7,70%. Dos 1,3 milhão de unidades consumidoras localizadas na área de concessão da Equatorial PI, 1,1 milhão são residenciais.

O principal impacto da revisão, segundo a Aneel, veio do reconhecimento de investimentos feitos pela companhia para atendimento aos consumidores, modernização e substituição de equipamentos. No entanto, como a Medida Provisória 998 autorizou o uso de recursos da Reserva Global de Reversão para remunerar ativos classificados como sobras físicas, o valor da base incluído na tarifa ficou menor.

O resultado final também foi amortecido em 8,07% com o uso de recursos da Conta Covid e em 6,81% com a aplicação do reajuste tarifário negativo do ano passado, que havia sido suspenso por liminar. A decisão judicial foi cassada após recurso da Aneel.