EDP anuncia ônibus elétrico movido a energia solar

Veículo idealizado na UTE Pecém (CE) tem autonomia de 300 quilômetros e recebeu investimento de quase R$ 5 milhões

A EDP anunciou que finalizou o desenvolvimento do primeiro ônibus elétrico brasileiro totalmente movido a energia solar. Idealizado na UTE Pecém (CE), o modelo com chassi da BYD e carroceria da Marcopolo conta com um banco de baterias que garante autonomia de 300 quilômetros no transporte do veículo.

O veículo é fruto de uma Pesquisa & Desenvolvimento da usina em parceria com a Universidade Estadual Paulista (Unesp), num investimento de R$ 4,8 milhões para o projeto-piloto, que está sendo operado diariamente pela empresa Gertaxi para fazer o transporte de colaboradores entre Fortaleza e São Gonçalo do Amarante, onde fica a térmica.

Durante o percurso de 70 km, o ônibus consome a energia armazenada pelas baterias, com a recarga sendo feita no estacionamento da empresa, utilizando um carport montado com 183 placas solares, garantindo independência em relação à energia da geração do empreendimento e do sistema de distribuição.

Geração de energia durante o percurso – A segunda fase do projeto prevê a aplicação, no teto do veículo, de filmes fotovoltaicos orgânicos (Organic Photovoltaic – OPV), compostos por células capazes de gerar energia elétrica a partir da luz do sol. Por sua flexibilidade, essa tecnologia permite a instalação em diversos locais e superfícies, como janelas, móveis, portas e paredes.

A companhia afirmou que as células no teto do ônibus serão testadas nas condições climáticas existentes no Nordeste com a finalidade de abastecer parte do consumo dos serviços no interior do ônibus, como o carregamento de celulares e outros periféricos tecnológicos.