Aneel define CVU de R$ 660,35/MWh para UTE Araucária

Valor para recuperação dos custos fixos da termelétrica da Copel vale até 30 de abril do ano que vem

A Agência Nacional de Energia Elétrica autorizou a Copel Geração a utilizar novos valores de Custo Variável Unitário (CVU) para recuperação dos custos fixos da termelétrica Araucária (PR – 884,7 MW), com prazo máximo até 30 de abril de 2021.

Conforme o despacho Nº 3.334, publicado na edição dessa sexta-feira, 27 de novembro, do Diário Oficial da União, o valor de CVU foi fixado em R$ 660,35/MWh, incluindo os custos fixos; e de R$ 461,58/MWh sem a inclusão, a ser aplicado pelo Operador Nacional do Sistema (ONS) desde a primeira revisão do Programa Mensal de Operação (PMO) após a publicação do despacho. Já o montante de geração ficou em 359.942 MWh.