Leilão dos sistemas isolados passa de março para abril de 2021

Cadastramento de empreendimentos foi prorrogado até 15 de janeiro

O Ministério de Minas e Energia adiou de março para abril de 2021 o leilão para suprimento aos Sistemas Isolados. O certame tem como objetivo a contratação de soluções para atendimento a 22 localidades situadas nos estados do Acre , Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima. O edital do leilão está em consulta pública na Agência Nacional de Energia Elétrica.

O MME também alterou prazos estabelecidos na Portaria nº 341, publicada em setembro com as diretrizes do leilão. A data final de cadastramento de empreendimentos na Empresa de Pesquisa Energética passou de 4 de dezembro para 15 de janeiro.

Os parâmetros e os preços necessários ao cálculo do custo do combustível e da parcela variável do custo de operação e manutenção deverão ser informados à EPE pelos empreendedores até 12 de fevereiro de 2021.O prazo anterior era 8 de janeiro de 2021. As alterações estão na Portaria 425, publicada nesta sexta-feira (4), no Diário Oficial da União.