Renovigi busca sócio para financiar sua expansão

Empresa negocia venda de 51% do capital e deve fechar ano com faturamento de R$ 750 milhões

A Renovigi está negociando com investidores a venda de até 51% de suas ações para expandir suas operações no mercado brasileiro, com o objetivo de ampliar o acesso da população a sistemas de energia solar a custos mais acessíveis, tanto nos centros urbanos quanto nas propriedades rurais, incluindo o agronegócio de pequeno e médio porte.  De acordo com o presidente do Conselho de Administração e CEO da empresa, Gustavo Müller Martins, a venda deve representar um avanço significativo e virá acompanhada da abertura de um centro de operações na região Nordeste. Segundo ele , há a consciência de que para continuar crescendo é preciso contar com investidores que queiram, de fato, ajudar a popularizar o uso da energia solar em todo o país.

Criada por um grupo de empresários com atuação em diferentes segmentos e investimento de aproximadamente R$ 1,5 milhão, a empresa vem crescendo mais de 100% ao ano nos últimos três anos e prevê faturar R$ 750 milhões em 2020. Já para 2021, a estimativa é atingir receita de R$ 1,5 bilhão, com a meta de chegar em R$ 5 bilhões anuais até 2025. Atualmente, a empresa conta com oito sócios, além de um corpo gestor, que atua para buscar soluções e parcerias para o crescimento contínuo das operações.

Para atender à crescente demanda nacional, a Renovigi conta com três centros de operação e distribuição alocados em pontos estratégicos nas cidades catarinenses de Chapecó e Itajaí e em Louveira (SP). A empresa possui também uma rede de mais de 8 mil credenciados em todo o Brasil que comercializam equipamentos, serviços e soluções.

Com um modelo de negócio considerado inovador, em parceria com a sua rede de credenciados, a Renovigi busca conscientizar a população de que, além de contribuir para a preservação do meio ambiente, essa tecnologia proporciona também economia para o consumidor, pois gera redução de até 95% na conta de luz.  Para ampliar a conscientização da sociedade a respeito da importância da energia solar como solução sustentável, a fim de reduzir os prejuízos ambientais com a produção e distribuição de energia, a Renovigi conta com projetos sociais, como o Energia do Bem, criado em 2018 para doar e instalar sistemas fotovoltaicos em entidades assistenciais sem fins lucrativos. Em 2019, 100 instituições foram beneficiadas com o projeto. Ainda de acordo com o CEO da empresa, a Renovigi oferece ainda  soluções com custos mais acessíveis com foco na classe C, que é a parcela da sociedade que mais gasta proporcionalmente com energia