ONS: previsão de carga sobe em dezembro suportada pelo Sudeste

Sistema deve demandar 71.145 MW médios em dezembro, crescimento de 4,5% na comparação com 2019

A carga do Sistema Interligado Nacional (SIN) deverá atingir 71.145 MW médios em dezembro, crescimento de 4,5% na comparação com igual período em 2019. Esse crescimento será suportado pelo desempenho positivo dos submercados Sudeste (+ 6,3%) e Norte (+ 6,2%), de acordo com a primeira revisão semanal do programa mensal da operação (PMO), divulgada pelo Operador Nacional do Sistema (ONS) nesta sexta-feira, 4 de dezembro.

Espera-se também uma variação positiva de 2,4% no Sul. O submercado Nordeste indica queda de 0,2%.

Devido ao atraso nas chuvas, não está sendo recomposta a energia armazenada dos reservatórios das hidrelétricas. Ao final de dezembro, a previsão indica armazenamento máximo de 17,6% no Sudeste, região que é a principal caixa d’água do país.

Para os demais subsistemas, os percentuais de armazenamento de energia indicam para 23,8% no Sul, 44,3% no Nordeste e 20,5% no Norte.

O ONS também atualizou a previsão de chuvas que podem chegar com o potencial de ser armazenada pelas hidrelétricas. No Sudeste, as Energias Naturais Afluentes (ENAs) esperadas estão entorno de 60% da Média de Longo Termo (média histórica).

Para os demais subsistemas os percentuais de ENAs são de 143% no Sul; 46% no Nordeste; e 69% no Norte.