Amazon investe em 26 novos projetos renováveis

Somente neste ano a gigante do e-commerce anunciou 35 projetos com 4 GW de capacidade instalada para geração própria

Amazon tornou-se a maior compradora corporativa de energia renovável do mundo e avança em compromisso de zero emissão-líquida de carbono até 2040. Essa posição foi alcançada com a adição de 26 novos projetos eólicos e solares na Austrália, França, Alemanha, Itália, África do Sul, Suécia, Reino Unido e Estados Unidos. Assim, a gigante do e-commerce eleva para 127 o total de projetos de energia renovável.

Até o momento, investimentos em energia renovável representam 6,5 GW de capacidade de produção – eletricidade suficiente para abastecer 1,7 milhão de residências nos Estados Unidos por um ano. Somente os novos projetos anunciados somam 3,4 GW de capacidade. Neste ano foram 35 projetos, que somam mais de 4 GW de capacidade, o maior investimento corporativo em energia renovável em um único ano.

Os projetos levarão energia renovável aos escritórios corporativos da Amazon, centros de distribuição e data centers da Amazon Web Services (AWS), que prestam suporte a milhões de clientes de todo o mundo. Também ajudarão a avançar em direção à meta da Amazon de consumir energia 100% renovável e atingir zero de emissões-líquidas de carbono em suas operações até 2040. Parte desse compromisso é abastecer a infraestrutura da Amazon com energia 100% renovável, marco que deverá ser alcançado até 2025, cinco anos antes da meta inicial de 2030.

A empresa tem um total de 127 projetos de energia renovável em todo o mundo, incluindo 59 projetos de energia renovável solar e eólica em escala de serviço público e 68 telhados solares em centros de abastecimento e centros de distribuição.