Técnicos discutem ajustes em PPP de iluminação em Campinas

Investimento previsto na rede elétrica do município paulista é de R$ 256 milhões

Técnicos do Programa de Parcerias de Investimentos e representantes da Caixa e da Corporação Financeira Internacional (IFC) discutiram com o prefeito de Campinas, Dário Saadi, os ajustes finais no processo de licitação para a Parceria Público Privada de iluminação pública no município. O edital com as regras de contratação da PPP deve ser lançado no primeiro trimestre deste ano.

O contrato envolve a modernização, expansão, eficiência energética, operação e manutenção da rede de iluminação no município, que tem em torno de 120 mil pontos. O total estimado para investimento, operação e manutenção da rede é de aproximadamente R$ 256 milhões.

O projeto tem apoio técnico da Caixa Econômica Federal e do IFC, organismo do Banco Mundial. O edital e a minuta de contrato passaram por consulta e audiência públicas em 2020.

No ano passado, foram realizados nove leilões para a contratação de PPPs de iluminação pública nos municípios de Aracaju (SE), Belém (PA), Feira de Santana (BA), Franco da Rocha (SP), Macapá (AP), Petrolina (PE), Sapucaia do Sul (RS), Teresina (PI) e Vila Velha (ES). Os certames tiveram deságio médio de 56%. Os investimentos previstos somam R$ 1,3 bilhão.