Ibama fará audiência sobre Armazenamento Complementar em Angra 3

Encontro virtual visa tratar do licenciamento para o sistema Seco de Combustível Irradiado (UAS) da central nuclear

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) anunciou que irá realizar no dia 22 de janeiro, às 18 horas, uma Audiência Pública Virtual (APV) para tratar sobre o licenciamento da Unidade de Armazenamento Complementar a Seco de Combustível Irradiado (UAS) da central nuclear Angra 3, que deve ser construída junto às usinas de Angra 1 e Angra 2 até 2026, no município Angra dos Reis (RJ).

A audiência terá transmissão pela página do evento e os participantes podem enviar perguntas, críticas e sugestões, a serem respondidas após as apresentações. Os interessados em contribuir para o debate terão 20 dias para enviar questionamentos, através de formulário eletrônico disponível a partir de 23 de janeiro. Os documentos do processo nº 02001.007599/2018-65 e o Relatório ambiental Simplificado (RAS) do ativo estão disponíveis para consulta no site do Ibama.

Angra 3 está com as obras paralisadas desde 2015, quando a contratação da mesma foi alvo de denúncias de corrupção em uma das fases da Operação Lava Jato. Segundo a Eletrobras, que controla a Eletronuclear, a usina deverá consumir R$ 15,3 bilhões em investimentos entre 2021 e 2025, possivelmente a partir de uma chamada pública internacional e contratação de uma empresa especializada para conclusão do empreendimento.