MME aprova obras da Energisa como projetos prioritários na PB e MT

Investimentos de R$ 418,2 milhões para 2021 envolvem expansão e melhorias nas redes de distribuição das concessões

O Ministério de Minas e Energia enquadrou os projetos de expansão, renovação ou melhoria da infraestrutura de distribuição de energia elétrica da Energisa Mato Grosso e Energisa Borborema como prioritários, com as obras previstas para esse ano envolvendo aproximadamente R$ 418,2 milhões, sendo R$ 406,8 milhões da concessão mato-grossense e R$ 11,3 milhões para a paraibana. Com a medida, os projetos poderão emitir debêntures de infraestrutura, com incentivos aos investidores.

As decisões foram publicadas no Diário Oficial da União da última quinta-feira, 21 de janeiro, por meio das Portarias nº 475 e 476, com os volumes de recursos planejados não incluindo os aportes do Programa “Luz Para Todos” ou com participação financeira de terceiros, constantes do Plano de Desenvolvimento da Distribuição – PDD de referência apresentado à Aneel.